, , , ,

Entre na moda do revestimento vinílico

Linha Wood Planks pode ser aplicada no piso, parede e até mesmo no teto!

Novos padrões da linha Wood Planks – 2019

Para quem gosta de mudar o visual de casa de forma prática, sem muita sujeira e sem gastar muito, a ePiso lançou cinco novos padrões da linha Wood Planks. Ideal para projetos residenciais e comerciais de tráfego leve, as novas tonalidades passeiam entre três tons do marrom ao cinza escuro, ampliando o leque de cores disponíveis.

A flexibilidade de uso é o que mais chama atenção sobre a linha Wood Planks. Pode ser instalada sobre o piso sem a necessidade de quebra-quebra, basta que o contrapiso esteja nivelado, limpo, seco e liso. Além disso, também pode ser aplicada em paredes e tetos, expandindo o conforto e beleza da madeira para todo o ambiente, inclusive em áreas molhadas, como banheiros e cozinhas.

As réguas da linha Wood Planks têm espessura de 2 mm, com capa de uso de 0,2 mm, sendo 20,32 cm de largura x 121,92 cm de comprimento, reduzindo a quantidade de emendas e garantindo um melhor aspecto visual. Imitam a madeira com perfeição, proporcionando um resultado estético muito natural, especialmente pela textura e design.

Além da facilidade e praticidade da aplicação, sua manutenção também não exige muito tempo e esforço, bastando um pano úmido para limpeza. É produzido 100% com PVC, que pode ser reciclado, não contém metais prejudiciais à saúde, é antialérgico e antibacteriano (faz bem para a saúde).

,

EcoContract ganha cinco novos padrões

Linha de revestimento vinílico da ePiso tem novas tonalidades para ambientes de alto tráfego

A ePiso, especialista em revestimentos vinílicos, lança no final do mês de fevereiro cinco padrões amadeirados da linha EcoContract, ideal para ambientes de alto tráfego, como hospitais, hotéis, supermercados, shoppings, entre outros. Com nomes de cidades espanholas, as réguas texturizadas nas novas tonalidades combinam com qualquer estilo de decoração. Por terem a beleza natural da madeira nunca saem de moda.

A linha EcoContract possui lâmina de 3 mm de espessura e capa de uso de 0,5 mm, garantindo qualidade, beleza, resistência e durabilidade em espaços de elevada movimentação de pessoas. Tem instalação fácil e prática, assim como a manutenção e limpeza, bastando uma vassoura e pano úmido. Produzida com PVC, é sustentável e não propaga fogo. Tem isolamento térmico e sonoro, conferindo todo o conforto e aconchego, além de receber o tratamento antimicrobial com partículas de nanosilver, que evita alergias e problemas com ácaros.

Aposte nos tons mais escuros para um visual sofisticado

Loja de Óculos inova o conceito de ótica com toque intimista e uso do revestimento vinílico da ePiso!



Embora os tons mais usados na decoração de ambientes comerciais e clínicas sejam os mais claros, em função da sensação de amplitude e do aspecto clean, as cores mais escuras também ganham destaque, trazendo uma proposta diferente e focada no conforto, ousadia e elegância. O contraste de uma parede escura com as outras mais claras personaliza e deixa o espaço convidativo e intimista. Da mesma forma, o contraste com os móveis valoriza determinadas formas e ângulos.

A arquiteta Larissa Cabral optou com sabedoria pelos tons de cinza e preto para seu projeto na Casa Cor Espírito Santo 2018: a Ótica Sonótica, de 36,2 m2 que faz parte de uma marca tradicional em Vitória. Com o objetivo de inovar o conceito comum de óticas, a profissional conta que aboliu a cor branca e apostou nos tons mais escuros para trazer mais sofisticação e um toque mais intimista. As vitrines são em madeira com iluminação para os óculos, e as paredes foram revestidas com um material que lembra o carvão.

Completando o visual moderno e arrojado, ela apostou no piso vinílico da linha EcoRock no padrão Fuligem, da ePiso, que possui a tonalidade do cimento queimado. A arquiteta explica que este revestimento, somado a cor da parede, foi o ponto de partida do projeto, definindo um ambiente mais frio. “Sou especificadora de pisos vinílicos, não só pela praticidade, mas também por conseguir um efeito estético perfeito, especialmente em ambientes comerciais. Nesta loja, sua aparência imitando pedra proporcionou o efeito certeiro”, afirma a profissional.

 

 

 

 

 

 

 

 

Criando o contraste, os painéis em MDF presentes em outras paredes e vitrines aquecem o ambiente. Há ainda um jardim com algumas espécies de bromélias ao longo das vitrines, levando frescor e vida ao local.

Sobre a arquiteta:

Larissa Cabral é formada pela em arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal do Espírito Santo e titular do escritório Larissa Cabral Arquitetura e Interiores. É especializada na execução de projetos de arquitetura e de interiores tanto na área residencial, como na comercial e corporativa. Ela já participou oito vezes da CASACOR ES.  Contato: arquitetura@larissacabral.com.br

Coliving: novo estilo de morar valoriza a convivência

Projeto da mostra baiana preza pelo compartilhar e conta com a praticidade dos pisos vinílicos ePiso!

Como tudo ganha novas formas, com o tempo, o segmento da habitação também se renova. Popular na América do Norte e Europa, e ganhando força aos poucos no Brasil, o cohousing é um estilo de vida em comunidade, no qual pessoas possuem suas casas e dividem outros ambientes, como áreas de lazer ou de serviço. Teve início na Dinamarca na década de 1970, valorizando a convivência entre vizinhos e o compartilhamento de espaços e até recursos.

Na mesma linha, o coliving preza ainda mais pela socialização. Sendo uma tendência que incentiva a integração, a sustentabilidade e a colaboração, possui uma forma mais ampla de dividir espaços, de modo que os habitantes não têm casas, mas sim quartos e banheiros, e dividem as outras áreas. No lugar de várias casas dividindo um espaço em comum, há uma única casa, com vários quartos particulares e áreas compartilhadas. Diferente de uma república, onde o objetivo é morar junto para dividir as despesas, esta nova maneira de se morar prioriza a coletividade, enquanto a divisão de custos é um benefício.

Inspirada no tema “A Casa Viva”, a CASACOR Bahia 2018 traz ao público essa tendência que se mostra crescente, enfatizando o compartilhar, com lofts, coliving e costore, com uma loja e um restaurante colaborativos. Um dos ambientes que deixa claro esse conceito é a Cozinha e Jantar Coliving, projetada pelos arquitetos Luiz Claudio Motta e Marcus Lima. Idealizado para ser dividido entre quatro apartamentos, o projeto é de caráter único. Espaçoso, possui duas cozinhas com balcões para as refeições em um só lugar.

Pensando em praticidade, os profissionais optaram pelo piso vinílico ePiso em função da praticidade para a limpeza e manutenção. O padrão escolhido foi o Blocks, da linha Wood Planks. A escolha é justificada: “este revestimento proporciona conforto, beleza e muita funcionalidade, sendo ideal para ambientes compartilhados”, afirma Marcus.

A CASACOR Bahia 2018 acontece de 02 de outubro a 11 de novembro de 2018, de terça-feira a domingo, das 16 às 21 horas, na Chácara Baluarte – Santo Antônio Além do Carmo.

Sobre a linha Wood Planks
É de fácil instalação e manutenção, não inflamável, antialérgica, antibacteriana e resistente. Possui conforto acústico e térmico e é sustentável, assim como o coliving, pois é produzida com PVC e é reciclável, além de ser simples de limpar, bastando um pano úmido. Seus padrões imitam a madeira com perfeição, garantindo todo o conforto e beleza deste material. A linha é ideal para projetos residenciais e comerciais de tráfego leve, podendo ser instalada tanto em pisos como em paredes e tetos. As réguas estão disponíveis no formato 20,32 cm x 121,92 cm, com 2 mm de espessura e 0,2 mm de capa de uso. Ganhou recentemente quatro novos padrões: Aracajú, Goiânia, Recife e Vitória, que variam entre tons de marrom escuro, claro e acinzentado, seguindo as principais tendências do setor de decoração.

 

Sobre os arquitetos
Luiz Claudio Motta e Marcus Lima são arquitetos e designers de interiores, sócios na empresa Arquitetura 3 há mais de 25 anos. Especializados em projetos de lojas e showroom de grandes marcas pelo Brasil, com várias participações em mostras de decoração e publicações em revistas tanto na área de arquitetura quanto na decoração, os profissionais têm como marca registrada a criação de espaços criativos, personalizados e funcionais, além de optarem por materiais reciclados.